Publicado em

RXR, equipe de Rosberg bate X44, de Hamilton e leva primeiro título da Extreme E

Johan Kristoffersson e Molly Taylor terminaram X-Prix Jurássico na quarta colocação, o necessário para garantir o título da temporada inaugural da categoria

Com 155 pontos para cada lado, a dupla da RXR foi a campeã por ter vencido os eventos na Arábia Saudita, Senegal e Sardenha, enquanto a X44 venceu apenas neste domingo, apesar de 100% de aproveitamento nas classificações.

A votação popular do GridPlay premiou a X44 com a chance de escolher a posição na largada, com Loeb e Gutiérrez optando pela vaga do meio. A RXR ficou diretamente ao lado, na esquerda, enquanto uma regra nova para a final determinou que as pilotos deveriam iniciar a prova.

Gutiérrez usou seu boost de 400kW para assumir a liderança na primeira curva, enquanto Taylor teve um stint inicial complicado, mas sabendo que a quarta posição era suficiente pelo título, disputando ainda com a JBXE, de Jenson Button, a Acciona – Sainz e a Andretti Autosport.

Com Gutiérrez abrindo uma boa vantagem para a X44, a RXR caía ainda mais, caindo para a quinta posição, o que daria o título para Loeb e Gutiérrez.

Mas uma rodada de Laia Sanz aliviou a pressão da RXR. Gutiérrez encerrou seu stint com uma vantagem de mais de 3s para o segundo colocado, entregando o carro para Loeb. O francês aumentou a diferença para a dupla da JBXE para garantir a vitória da etapa, realizada no Reino Unido.

Isso, combinado com o bônus de cinco pontos por fazer o tempo mais rápido da etapa, deixou a X44 com 155 pontos. Mas Kristoffersson trouxe o carro da RXR até a linha de chegada para terminar na quarta posição necessária para garantir o título.